Ereção Matinal

Remela, dor de garganta, dor de ouvido. Tosse de cachorro velho. Água fria na cara, relance de espelho (não reconheço aquele idiota me encarando do outro lado do reflexo), mijadão na borda da privada. Dois lances de escada. Lixo pra fora. Vitamina C, complexo B, café sem açucar, cremicraqui, pão velho com mantêga. Ovo frito e algumas tiras de beicom, provavelmente de um porco de trezentos quilos que tivera de ser morto a tiros, já que não bastaram as duas machadadas na cabeça.
Acendo o charuto barato pela metade.

"Atraso no aeroporto. Matou a família e foi ao cinema.
Flamengo 3x0. Escândalo em Brasília. Rainha da bateria.
Cientistas descobrem, comprovam e descartam. Os astros estão a seu favor."

-Capricha na barba, capitão.

Mas o safado psicótico dá uma de Sweeney Todd e, sem que eu perceba, decepa-me a cabeça com a navalha afiada. Espuma vermelha, inventam cada uma... Quando ia engraxar os sapatos dou-me conta de que estou devidamente decapitado. À essa altura, tronco e membros já devem ter virado uma maravilhosa torta nas mãos da amante do barbeiro maníaco, Srta. Lovett. E que mãos! Sem dúvida as melhores tortas da cidade...

Antes de ir-me embora, compro um chapéu.
Será que alguém vai notar?

3 comentários:

Caio disse...

esses estão bem bacanas.

Daniel disse...

Seus bandos de design desocupados....quando é que vai sair o bongo animado?

"Um balde d'agua a cada fatia de melancia."
Eistein


Daniel

biu disse...

classe.